O Pilar PLANEJAMENTO

Normalmente, gestão do marketing numa advocacia é feita com equipe interna ou terceirizado (agência externa). Para que qualquer uma das alternativas possa cumprir suas demandas com sucesso, é requisito básico planejar os passos a serem cumpridos. Assim as iniciativas não serão aleatórias, pois seguirão um roteiro coordenado, alinhado ao objetivo que se pretende atingir.Assim não terão “munições” desperdiçadas ou subutilizadas, pois terão a retaguarda de uma inteligência por trás de cada postagem, de cada ação. Uma regra para mim bem clara: de nada vale utilizar uma rede social se não houver, pelo menos, uma ou duas ativações semanais. E isso se evidencia quando falamos do segmento jurídico cujo assuntos são mais densos e nem sempre abordam temas atrativos ou palatáveis para quem estiver fora deste meio. Portanto, dispor conteúdos que que causem impacto e despertem o interesse do usuário, seja ele quem for, deve ser prática usual para quem pretende fazer uso destes canais com sucesso. E sempre inserido nas regras do Código de Ética da OAB, é claro.

Estipular os temas que serão abordados com um mês de antecedência e os formatos (versatilidade) das publicações são fundamentais para um bom planejamento de conteúdo nas redes sociais. Evite sempre temas polêmicos ou que gerem debates, a comunicação deve ser sempre informativa e educativa ao usuário e o assunto dos temas deve obedecer e contemplar a palavra-chave: RELEVÂNCIA, sempre com coerência com os objetivos de comunicação mapeados.

Bruno Pedro Bom

Bruno Pedro Bom

Atendimento e Comercial

Posts Recentes